A razão pela qual homens não trabalham em revistas femininas…

Postado em

Leitora:

Caro Roberto,

Espero que você possa me ajudar.
Outro dia, de manhã, eu peguei meu carro e saí para trabalhar, deixando meu marido em casa vendo televisão, como sempre.
Eu rodei pouco mais de um quilômetro, quando o motor morreu e o carro parou. Voltei para minha casa para pedir ajuda ao meu marido.
Quando cheguei lá, nem pude acreditar naquilo que meus olhos estavam vendo. Ele estava no quarto, com a filha da vizinha!

Eu tenho 32 anos, meu marido 34, e a garota 22. Nós estamos casados há dez anos.
Quando eu o interpelei, ele confessou que eles estavam tendo um caso há seis meses.
Eu disse a ele para parar com isso, senão eu o deixaria.
Esclareço que ele foi demitido do seu emprego há seis meses e desde então tem estado muito deprimido. Eu o amo muito, mas desde que eu lhe dei aquele ultimato ele tem estado muito calado, ausente, distante.

Ele não está se cuidando e eu temo não poder tê-lo de volta nunca mais. Estou desesperada. Você pode me ajudar?

Agradeço antecipadamente.
Patrícia

=====================================

RESPOSTA de um homem

Cara Patrícia,
Quando um carro pára, depois de haver percorrido uma pequena distância, isso pode ter ocorrido devido a uma série de fatores. Comece por verificar se tem gasolina no tanque.
Depois veja se o filtro de gasolina não está entupido. Verifique também se tem algum problema com a injeção eletrônica. Se nada disso resolver o problema, pode ser que a própria bomba de gasolina esteja com defeito, não proporcionando quantidade ou pressão suficiente nos injetores.
Espero ter ajudado.
Roberto. Colunista revista feminina

Por essa e outras que homens não trabalham em revistas femininas…
Anúncios

5 comentários em “A razão pela qual homens não trabalham em revistas femininas…

    ***Su*** disse:
    19/01/2009 às 15:36

    huahuaauauahuauahu
    É-gua!!
    Ué! Pode ser que essa resposta seja meio metafórica..rs.rs.rs
    Homens!!

    Claudia disse:
    20/01/2009 às 20:04

    Nem eu poderia trabalhar em uma revista feminina: “pateta, põe a fila para andar”. Ah, uma mulher que pergunta isso merece porrada. Não se manca não??? Rsss.

    Gisele disse:
    21/01/2009 às 02:02

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Ainda bem mesmo!!!!
    Que coisa hein…

    Laura Jane disse:
    21/01/2009 às 19:05

    Sérgio, metaforicamente, os “injetores” (neurônios) desse colunista parecem estar em disfunção. Ou ele é um perfeito imbecil, ou considerou suas limitações e optou por não entrar em assuntos que não domina.
    No mínimo, ele merecia uma resposta do tipo: “Fuck yourself”!

    Júlio disse:
    25/01/2009 às 05:25

    Seria por que ele só leu o primeiro e último parágrafos, viu que falava de algo que ele entendia e foi logo escrevendo? acho que eu faria isso…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s