Gramática

Postado em Atualizado em

A minha concordância não se faz…
Depende do sujeito que tu és!
Singular, plural, qual o viés?
Qual a gramática que tua lingua traz?

Sou objeto de ti, verbo arrogante!
Quero inserir-me direto entre tuas pernas
Numa mesóclise faz-me-ei constante,
Em construções que  sejam sempre eternas…

Tu és a minha subordinada cativa
Beijar-te-ei, mesóclise afetiva
Gozar-me-ás com todas as palavras…

Desta gramática que escreves como louca
Levarei eternamente da tua boca
A pontução que no meu corpo cravas….

2 comentários em “Gramática

    Cassandra disse:
    03/06/2010 às 10:56

    Olha, que coisa linda este poema! Fiquei encantada mesmo.. Parabéns!

    Auleliano "Leoh" Santos disse:
    04/06/2010 às 13:25

    E tem gente que diz que gramática é chata, e prefere poesia!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s