Reencontro

Postado em

“Viveram um romance adolescente. Se amaram muito. Tinham uma história, com trilha sonora, bilhetes em guardanapos, segredos. O tempo passou e cada qual seguiu seu caminho. Então, um dia se reencontraram por acaso em um evento social. Deu-se um silêncio quando os olhares se cruzaram. Estavam com seus cônjuges e, sabe como é: noblesse oblige.  Cumprimentaram-se protocolarmente, como recém-apresentados. Mas suas almas, que não tinham a menor obrigação social, se abraçaram, se beijaram, conversaram por horas, matando a saudade de um tempo bom”.  SF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s