Ecdise

Postado em Atualizado em

“Há momentos em que bate uma solidão surda. Olha-se para todos os lados e não se vê eco para os quereres, para as ações, para os carinhos. Começa-se a duvidar de razões para prosseguir, das intenções do dia que nasce, das motivações das estrelas que brilham no céu. Tudo apresenta-se vão. O silêncio toma conta como uma forma de proteção, pois qualquer coisa dita só agrava o peso do momento com a densidade das palavras. Encasula-se o tempo na espera da ecdise da alma. É hora de esperar. É necessário respeitar os hiatos do amor. É hora de ouvir a Bachiana nº 5 de Villa-Lobos.” SF

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s