Caem as folhas…

Postado em

“Eu ainda lembro de sua promessa: eu vou aonde você for. Era um lugar qualquer. Qualquer lugar era uma sombra de árvore em um florido dia de primavera para nós dois. Eu perguntei e você disse, olhando nos meus olhos, que eu era exatamente como você tinha sonhado. Eu fiquei feliz. Nunca me passou pelas hipóteses ter de esquecer você. Você disse que o problema não era eu, mas você. Cavalheiro. Mas não estancou o jorro de dor de um coração arrebentado. Quando lembro de nós dois, ainda vejo a velha árvore. Mas ela está sem folhas, seca, sem vida. É sempre outono nas minhas lembrança de você.” SF

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s