Balança dos relacionamentos

Postado em

“Com o tempo se deu conta de que em qualquer relação há coisas que a gente ama e há coisas que a gente odeia. Também se deu conta de que nesse jogo a gente precisa amar mais do que odiar. Senão vira um amor tóxico, uma coisa de masoquista sem amor-próprio, de gente fuleira que não toma as rédeas da vida. Aquilo que a gente ama numa relação deve ser curtido, sorvido, suado, rido, gozado e delirado. Aquilo que a gente odeia deve ser visto como um exercício oferecido de acomodação. As coisas ruins são o preço a pagar pelo usufruto das coisas boas. É assim. Vai ser sempre assim. Não importa quantas vezes mudarmos de parceiro. A busca não é pelo parceiro perfeito, mas pela relação desequilibrada para mais amor do que raiva nos pratos da balança. É necessário exercitar entender o lado ruim como parte integrante dessa coisa doida que é amar alguém. É claro que nossa história afetiva deixa cicatrizes e machucados. É humano que seja assim. E isso dá medo. Muito medo às vezes. Medo de que aconteça de novo. Mas é preciso deixar sarar a carne que rasgou. É fundamental parar de mexer na casquinha do ferimento.  É indispensável gastar nossos lutos e fugir da melancolia da permanência naquilo que se foi. As pessoas são diferentes. As histórias também. Acreditar no determinismo da repetição matematiza demais a vida. Na balança da ponderação, a agonia das coisas ruins não pode ser mais pesada que a leveza da companhia do outro. Se for, está na hora de perguntar: “Que porra é essa?!”. Ficar numa relação desequilibrada em favor do desconforto por medo de zerar tudo e recomeçar é abrir mão de ser feliz, um direito que ninguém tem. Olhando para a nuvem, concluiu a reflexão sobre si: há sempre tempo para quem se perdeu ter nova chance de encontrar…” SF

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s