Gente conhecida

Postado em

“Ela tinha meus mapas, conhecia meus atalhos, meus cantos prediletos e os lugares onde os meus medos moravam. Sabia o que me causava alergia, o que me dava agonia, onde acionava minhas lágrimas. Conhecia cada janela trincada, cada ferrolho defeituoso, cada vulneralibidade, sabia uma a uma as minhas fragilidades. Sabia onde eu guardava as minhas chaves para casos de emergências. Por isso entrou fácil, me atingiu em cheio e se foi meio que orgulhosa com a certeza de ter acertado o alvo de forma inconsertável. Essa é a crueldade do amor verdadeiro: quando descuidamos, vem a palavra ferina pelo canal rápido, queimando tudo, nos devastando. A investida é tão precisa que emudecemos. Não sabemos como reagir. Não temos nem tempo nem armas. Só nos resta a entrega à deriva. E ver o que sobra de nós depois de tudo.” SF

Anúncios

Um comentário em “Gente conhecida

    Dara Cavalcante disse:
    17/02/2013 às 15:25

    Falou tudo Sérgio… Lindo texto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s