Lembra?

Postado em Atualizado em

E aí a gente foi se perdendo um do outro, se esquecendo de se amar, lembrando só quando tocava aquela música. De repente, a gente deixou de sentir falta, de passar perfume pra se ver, de ensaiar palavras no espelho. Quando se deu conta, a gente sequer se deu conta de que aquele amor que prometia arrebentar tudo, lacrar os amores, matar de inveja as pessoas acabou ficando por aí, largado, mambembe, roto e maltrapilho. Você não fez questão. Eu também não. Ninguém disse mais nada. A vida seguiu. Diz o Moisés, um amigo meu, que ele foi visto pedindo uns trocos no Centro, do lado da Igreja de São Sebastião. Era onde a gente ia casar, lembra?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s