música

Música no domingo à noite

Postado em Atualizado em

No Winamp: “Amado”, Vanessa da Matta. Mas só de pensar, lembro…; “Loucas Horas”, Guilherme Arantes. Nas loucas horas com você, eu vivo a sonhar…; “Que Maravilha”, Toquinho. Ela vem toda de branco, toda molhada e despenteada, que coisa linda é o meu amor…; “Congênito”, Luiz Melodia. Se a  gente falasse menos talvez compreendesse mais…; “Wish you were here”, Pink Floyd. Como eu queria que você estivesse aqui…; “Um Auê com Você”, Art Popular. Queria estar aí com você, mas me contento em vibrar e te espero rezando ansioso por uma descida tranquila e vitoriosa…; “Eu me rendo”, Fábio Jr. Onde é que foi parar aquela menina que me cantava quase toda noite?; “Close to you”, Carpenters. Como eu, os pássaros gostam de estar perto de você. “A paz”, Max Viana.Vim parar na beira do cais onde a estrada chegou ao fim, onde o fim da tarde é lilás, onde o Mar arrebenta em mim o lamento de tantos “ais”…; “Offer”, Alanis Morissette. Quem sou eu para ficar triste?…”A canção tocou na hora errada”, Ana Carolina.A canção tocou na hora errada e eu que pensei que eu sabia tudo, mas se é você eu não sei nada…

Música: domingo em Sampa

Postado em Atualizado em

Sampa à noiteOuvindo três músicas que são, para mim, a cara de São Paulo. No Media Player: “Sampa”, Caetano Veloso. “É que Narciso acha feio o que não é espelho”. Não sei se um dia me acostumo com a grandeza de São Paulo. “Tudo o quer vai”, Capital Inicial. Para mim, Capital é a cara de São Paulo. E essa música é trilha obrigatória nas ruas de Perdizes, Vila Madalena… “I can see clearly”, Jimmy Cliff. A primeira vez que vim a São Paulo, cheguei à noite, e, no táxi, enquanto olhava as luzes do mosaico das ruas pelo vidro, tocava o reggae na rádio. Marcou. Demora acostumar. Fascínio e medo. E à mente apavora o que ainda não é mesmo velho. A bela foto é de Luiz Henrique Assunção.

Música no Domingo

Postado em Atualizado em

No Media Player: Canções de Rei, Max Vianna. Como seria bom se o amor obedecesse ordens…; I’ll be over you, Toto. “Some people’s destiny passes by”. É possível esquecer o que nos constitui?; A canção tocou na hora errada, Ana Carolina. Às vezes, a questão é de sincronia; Starting over, John Lennon. “It’s time to spread our wings and fly, don’t let another day go by”. Sempre é possível recomeçar com a mesma pessoa; Baby, I’m a want you, Bread. Uma canção clássica com uma declaração direta: eu sou dos que te querem; Behind blue eyes, Limp Bizkit. Adoro a melodia dessa música. Ninguém sabe certas coisas que só a gente sabe; Pedaço de mim, Chico Buarque. Para quem está com saudade: “a saudade é o revés de um parto. A saudade é arrumar o quarto do filho que já morreu”; À primeira vista, Chico César. Às vezes as coisas acontecem à primeira vista. Requício de um passado de outras épocas?; Jardim da fantasia, Paulinho Pedra Azul. O amor às vezes vai e não volta nunca mais. “Me beije só mais uma vez depois volte pra lá”. Quase sem querer, Legião Urbana. “Mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira”. “Me disseram que você estava chorando e foi então que percebi como lhe quero tanto.”;  É você, Tribalistas. “É você, só você, que invadiu o centro do espelho”. Quando nos tornamos o outro de tanto querer; Oceano, Djavan. “Amar é um deserto e seus temores”. Queixa, Caetano Veloso. “Um amor assim delicado, você pega e despreza. Não devia ter despertado. Ajoelha e não reza. Dessa coisa que mete medo pela sua grandeza não sou o único culpado. Disso eu tenho a certeza”. Você pra mim, Fernanda Abreu. “Às vezes passo o dia inteiro pensando em você. O que eu quero é você pra mim”.

Música para começar a semana

Postado em

No Media Player, ouvindo e refletindo. Todo azul do mar (14 Bis): Quando eu dei por mim nem tentei fugir do visgo que me prendeu dentro do seu olhar; Trem das cores (Caetano Veloso): Para ser exato lábios cor de açaí…; Amor de índio (Beto Guedes): A abelha fazendo o mel vale o tempo que não voou; Espanhola (14 Bis): Sempre assim, cai o dia e é assim, cai a noite e é assim; Menino Deus (A Cor do Som): um porto alegre é bem mais que um seguro na rota de nossas viagens no escuro; Esquadros (Adriana Calcanhoto): Meu amor, cadê você? Eu acordei e não tem ninguém ao lado; Tocando em frente (Almir Sater): Cada ser, em si, carrega o dom de ser capaz de ser feliz; A canção tocou na hora errada (Ana Carolina): E eu que pensei que sabia tudo?; Amor meu grande amor (Angela Rorô): Me venha sem saber se sou fogo ou se sou água; Eu sei que vou te amar (Tom Jobim): Eu sei que vou chorar a cada ausência tua, eu vou chorar, mas cada volta tua há de apagar o que essa ausência tua me causou; Se (Djavan): você tem que largar a mão do não, soltar essa louca, arder de paixão…; Abre coração (Banda Cheiro): Você me roubou um beijo, eu que fui para a prisão; Por você (Barão Vermelho): Por você, desejaria todo dia a mesma mulher; Além de tudo (Benito de Paula): Mas a vida é essa e apesar de tudo gosto de você e que se dane o mundo. Quem sabe se nessas voltas que essa vida dá você pode mudar de ideia e me procurar. Vou esperar; Meu amor não vá embora não (Beto Barbosa): Quando eu acreditei que seria feliz você vem e me diz que seus olhos se vão; Velha infância (Tribalistas): eu gosto de você.

Quanto tempo demora um mês?

Postado em Atualizado em

Lua e Estrela

[Ouvi essa música no rádio ontem. Gostei muito. É do Biquini Cavadão]

Acordei com o seu gosto
E a lembrança do seu rosto
Porque você se fez tão linda

Mas agora você vai embora
Quanto tempo será que demora
Um mês pra passar

A vida inteira de um inseto
Um embrião pra virar feto
A folha do calendário
O trabalho pra ganhar o salário

Mas daqui a um mês
Quando você voltar
A lua vai tá cheia
E no mesmo lugar…

Se eu pudesse escolher
Outra forma de ser
Eu seria você

E a saudade em mim agora
Quanto tempo será que demora
Um mês pra passar

Ser campeão da copa do mundo
Um dia em Saturno
Pra criança que não sabe contar vai levar um tempão

Daqui a um mês
Quando você voltar
A lua vai tá cheia
E no mesmo lugar

Mas daqui a um mês
Quando você voltar
A lua vai tá cheia
E no mesmo lugar…

Quando você voltar
Daqui a um mês
Mas daqui a um mês
Quando você voltar
A lua vai tá cheia
E no mesmo lugar…

Música na terça de carnaval

Postado em Atualizado em

Caymmis cantam Tom

Estou ouvindo “Famílias Caymmi e Jobim cantam Antonio Carlos Jobim”. Destaque para “Falando de Amor”[se eu pudesse, por um dia, esse amor, essa alegria, eu te juro, te daria… Chega perto, vem sem medo…]; “Bonita Demais” [O amor é a coisa mais bonita. É feito dois igual a um. E no entanto o seu olhar hesita, você tem medo de depois]; e “Esquecendo Você” [Eu vou ter que esquecer seu sorriso e o pranto dos olhos meus.  Eu vou ter que esquecer seu olhar na hora do adeus]. Bem no clima de carnaval…

Música sábado à noite

Postado em Atualizado em

No Mediaplayer: Versos simples, Chimarruts. Conheci nas férias; Você é má, Zeca Baleiro, dedicada às más; Lucky man, The Verve. Do filme “Marley e eu”, numa cena bonita; Linger, Cranberries. Simplesmente linda. Mais ainda pela cena de “Click”, que vale o filme;  e Pensando em você, Paulinho Moska. Sempre diferente a cada vez.

Música sexta à noite…

Postado em

No Media Player: “Amado“, Vanessa da Mata, de um beleza singela; “Across the Universe“, Beatles, paixão antiga; “If I fell“, Beatles de novo, o hino dos que têm medo de se apaixonar:

If I fell in love with you / Se eu me apaixonar por você
Would you promise to be true / Você jura ser sincera
And help me understand / E me ajudar a entender
´cause I´ve been in love before / Porque eu já me apaixonei antes
And I found that love was more / E descobri que o amor é mais
Than just holding hands / Do que simplesmente andar de mãos dadas

If I give my heart to you / Se eu der meu coração a você
I must be sure / Eu tenho de ter certeza
From the very start / Desde o começo
That you would love me more than her / Que você vai me amar mais do que ela
If I trust in you oh please / Se eu confiar em você, por favor,
Don´t run and hide´/ Não fuja e suma
If I love you too oh please / Se eu lhe amar também
Don´t hurt my pride like her / Não fira minha auto-estima
´cause I couldn´t stand the pain / Porque eu não suportaria a dor
And I would be sad if our new love was in vain / E eu ficaria triste se nosso amor fosse em vão
So I hope you see that I / Então espero que você perceba que eu
Would love to love you / Adoraria lhe amar
And that she will cry / E que ela vai chorar
When she learns we are two / Quando se der conta que nós somos um casal

If I fell in love with you / Se eu me apaixonar por você..

Música na quinta à noite

Postado em

No Media Player, “Meu bem querer“, Djavan. Sem comentários.

Música na terça à noite…

Postado em

No Media Player: Ain’t no sunshine when she’s gone, Lighthouse Family, título auto-explicativo; Cálice, Chico Buarque e Milton Nascimento. Eu tinha uns doze anos; Há tempos, Legião Urbana, “disciplina é liberdade”. É mesmo; Comfortably numb, Pink Floyd, roubaram meu CD do The Wall, mas essa música me faz ficar confortavelmente dormente; Bandolins, Oswaldo Montenegro. Fez sucesso no ano em que fui campeão amazonense de futebol de mesa. Finalizo com Na sombra de uma árvore, Hyldon. Um convite sempre em aberto.